Open/Close Menu Baby Sitters | Cuidadores de Idosos | Técnicos de Enfermagem | Clinico Geral | Pediatras e Neonatologistas | Terapeuta | Ocupacional | Farmacêutica | Fisioterapeuta | Nutricionista | Psicóloga | Fonoaudiólogos | Massoterapeutas | Médicos especialistas

Neste domingo (26), o Brasil completou dois meses de luta contra o novo Coronavírus. Desde a confirmação do primeiro caso, quando um morador de São Paulo testou positivo para a doença em 26 de fevereiro, os trabalhadores da saúde no país têm se desdobrado para garantir a estrutura necessária de atendimento e em busca de soluções e medicamentos eficazes contra o Covid-19.

Segundo dados do Ministério da Saúde, nestes dois últimos meses o novo Coronavírus foi responsável por 4.205 mortes no Brasil.  O total de casos no país é de 61.888, conforme levantamento divulgado na noite de domingo (26) e que tem como base os dados enviados pelas secretarias estaduais. A letalidade, ou seja, a quantidade de pessoas mortas em relação àquelas que pegaram a doença, é de 6,79 no Brasil. No mundo, já são mais de 2,9 milhões de pessoas infectadas e 206 mil mortes em decorrência da doença.

Os estados brasileiros em situação mais crítica são São Paulo, com mais de 20 mil casos confirmados e 1,7 mil mortes, e o Rio de Janeiro, com 7.111 casos e 645 mortes. Em Santa Catarina, até o momento foram registradas 43 mortes e 1,3 mil pessoas infectadas, cenário que também inspira cuidados.

Especialistas recomendam evitar sair de casa

Apesar dos já expressivos números, especialistas acreditam que a pior parte da pandemia ainda não chegou ao país. Por isso, se puder, fique em casa.

Por outro lado, a volta ao trabalho já é uma realidade para muitas pessoas. Esse retorno, marcado pela obrigatoriedade do uso de máscaras, também trouxe uma série de medidas para evitar a proliferação do vírus.

Veja como você pode se cuidar:

– Dar as mãos, abraçar ou beijar pode transmitir o vírus, por isso é recomendado evitar o contato físico. É possível ser simpático mesmo mantendo o distanciamento.

– Mantenha as mãos limpas. Aprenda a maneira correta de lavar as mãos com água e sabão. Quando não for possível, use álcool em gel.

– Evite tocar olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.

– Não encoste com as mãos na parte da frente ou de dentro da máscara. Para retirar e colocar, use as tiras laterais. Se for descartável, jogue diretamente no lixo. As reutilizáveis devem ser guardadas num saco plástico até a hora de lavar. A máscara não deve encostar em nenhum outro lugar, por isso evite guardar direto na bolsa ou colocar sobre uma mesa.

– Não compartilhe objetos de uso pessoal, como talheres, toalhas, pratos e copos.

– Se você precisa de medicação, curativos ou atendimentos domiciliares, pode contar com a nossa equipe. Clique aqui e saiba como agendar um horário.

E se eu ficar doente?

Em caso de diagnóstico positivo para COVID-19, o Ministério da Saúde recomenda a adoção das seguintes medidas:

– Fique em isolamento domiciliar.

– Utilize máscara o tempo todo.

– Se for preciso cozinhar, use máscara de proteção, cobrindo boca e nariz todo o tempo.

– Depois de usar o banheiro, nunca deixe de lavar as mãos com água e sabão e sempre limpe vaso, pia e demais superfícies com álcool ou água sanitária para desinfecção do ambiente.

– Separe toalhas de banho, garfos, facas, colheres, copos e outros objetos apenas para seu uso.

– O lixo produzido precisa ser separado e descartado.

– Sofás e cadeiras também não podem ser compartilhados e precisam ser limpos frequentemente com água sanitária ou álcool 70%.

– Mantenha a janela aberta para circulação de ar do ambiente usado para isolamento e a porta fechada, limpe a maçaneta frequentemente com álcool 70% ou água sanitária.

– Procure atendimento somente se você sentir falta de ar. Clicando aqui você confere a lista de hospitais que prestam atendimento para casos suspeitos em todas as regiões do país.

Vacinas e medicamentos

Existem alguns medicamentos em teste, mas nenhum foi suficientemente testado para ser considerado seguro e eficaz. Ao mesmo tempo, cientistas de todo o mundo trabalham na criação de uma vacina, mas também ainda não chegaram a resultados satisfatórios. Portanto, a prevenção ainda é a medida mais eficaz no combate ao novo Coronavírus. Ela é importante para que não haja uma superlotação de leitos de UTI, o que sobrecarregaria o sistema de saúde e poderia agravar a situação.

Nós da Cuidar Home Care seguimos atentos aos desdobramentos do novo Coronavírus. Em nosso ambiente de trabalho, tomamos todos os cuidados para que pacientes e profissionais consigam realizar o seu trabalho com tranquilidade e segurança. Por isso, se você precisar de algo, lembre-se que estamos aqui para Cuidar de você.

Todos os direitos reservados © 2020 - PorAgência Webness